Ocorreu um erro neste gadget

domingo, janeiro 20, 2013

Honestidade em primeiro lugar


O atleta queniano, Abel Mutai, medalha de ouro nos 3000m com obstáculos em Londres, estava prestes a ganhar a corrida quando, ao entrar em uma pista onde acreditava que o final tinha chegado, relaxou o ritmo e começou a cumprimentar o público, acreditando que tinha vencido a prova. O segundo colocado, logo atrás, Ivan Fernandez Anaya, vendo que ele estava errado e parava a 10 metros antes da bandeira da chegada, não quis aproveitar a oportunidade para acelerar e vencer. Ele permaneceu às suas costas, e gesticulando para que o queniano compreendesse a situação e quase empurrando-o levou-o até o fim, deixando-o vencer a prova como iria acontecer se ele não tivesse se engado sobre o percurso.

Ivan Fernandez Anaya, um jovem corretor de 24 anos que é considerado um atleta de muito futuro (campeão da Espanha nos 5.000 metros, na categoria há dois anos) ao terminar a prova, disse: "Ainda que tivesse me dito que ganharia uma vaga na Seleção espanhola para disputar o Campeonato Europeu, eu não teria me aproveitado . Acho que é melhor o que eu fiz do que se tivesse vencido nessas circunstâncias. E isso é muito importante, porque hoje, como estão as coisas em toda sociedade, no futebol, no sociedade, na política, onde parece que vale tudo, um gesto de honestidade vai muito bem. "

2 comentários:

Anônimo disse...

É incrível que ainda existe gente tão honesta como esse jovem! Foi brilhante sua atitude. Porém paro e pergunto-me, cadê as pessoas para comentar essa explêndida ação? Todavia, se fosse algo denigrindo a imagem de alguém estava cheio esse espaço aqui.Que pena! Mas não podemos esquecer que até parece estranho, mas ainda existem pessoas que não se envergonham de serem honestas. Parabéns Ivan!

Anônimo disse...

Honestidade apesar de ser uma palavra tão escassa na prática e lembrando também que Rui Barbosa disse certa vez que "iria chegar dias em que os honestos iam ter vergonha de sê-los",em pleno século XXI alegra-nos ler algo digno de elogios como a atitude desse jovem. Isso me deixa orgulhosa. E digo para esse jovem, faça a diferença que coisas extraordinárias em tua vida te aguarda. Parabéns Ivan.